Técnica ninja para poupar!



Já ouviu o ditado quem não guarda 1 não guarda mil?
 
Não faz muito tempo que eu estava numa situação financeira complicada, praticamente 100% do salário ou até mais em alguns casos era necessario para eu manter as contas do mês. Isso quer dizer que quando não tinha hora extra, eu acabava mordendo o limite bancário. Aí a vida vem e dá um sacode na gente e faz com que de vez em quando tenhamos que afundar um pouco mais na lama. 
 
A dívida foi aumentando e com o tempo eu estava pagando o valor de limite (cheque especial) apenas para manter a minha dívida congelada, algo como um agiota. Então fui aconselhado a reduzir meus custos e economizar.
 
Mas como? não sobra nada! De onde vou economizar? Exatamente, esse é o problema. Estamos pensando em economizar quando sobra e não vai sobrar tão cedo!
 
Há um grupo de pessoas que está acima do peso, quer ir a academia para se exercitar e ter uma vida mais saudável, mas está esperando emagrecer um pouco para ir a academia, pois há algum tipo de vergonha. 
 
Faz sentido? Emagrecer para ir a academia? Ter sobra financeira para guardar?
 
É exatamente ir a academia que faria essa pessoa emagrecer, é exatamente poupar que faria ter sobra e não o contrário. Parece óbvio, mas não é. 
 
Então eu coloquei a tal meta de 10% e não conseguia, por mais que eu cortasse custos (diminuí a internet, celular, passeios, pizzas, televisão) enfim tudo o que beliscava um pouco mais do que devia eu diminuí.
 
Aí no final do mês faltou um pouquinho, então o raciocínio foi... mês que vem eu guardo! E pronto, me sabotei novamente.
 
Aí vem o ditado, se você definiu que irá guardar R$100,00 / mês e no final do mês teve só R$ 80,00... guarde os R$ 80,00!
 
Não acredita que mês que vem você será capaz de guardar R$ 120,00, você não foi capaz de guardar R$ 100,00. Então guarde o que conseguir, quem não guarda R$ 1, não guarda R$ 1000.
 
Em breve ao olhar para sua conta verá que fez todo o sentido e que você não está mais tão afogado e que sobreviveu a todos os cortes que considerava "indispensáveis".
 
No final do ano, se premie com uma parte desse dinheiro. Vai ver que não irá mais gasta-lo a toa, pois entendeu quanto tempo levou par acomeçar a construir esse "patrimônio".
 






Copyright © Code Tecnologia, 2019